Você està na pàgina do Proad, um programa do Departamento de Psiquiatria da Unifesp.


HOME > SETORES > ASSISTÊNCIA > ENFERMAGEM

Enfermagem

A formação de enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem em saúde mental, psiquiatria e na área de dependência química é uma prática histórica e social. Dessa forma, liga-se a uma realidade subjetiva dos que a executam e às suas condições materiais de existência. O ensino em Enfermagem Psiquiátrica apresenta mudanças devidas à evolução histórica da Psiquiatria que devem ser consideradas durante a formação do profissional de enfermagem. Ambas as temáticas encontram pontos de aproximação e distanciamento conforme o contexto em que são analisadas. Estudos apontam para uma evolução do tema álcool e drogas dada a magnitude do problema na sociedade contemporânea.

A forma como isto se manifestou, na prática, foi a postura do enfermeiro enquanto terapeuta através da técnica de relacionamento terapêutico. Este posicionamento teve sua impulsão com o trabalho de Hildegard Peplau que salienta que a essência do trabalho do enfermeiro psiquiátrico seria o desenvolvimento dessa habilidade, que deve ser adquirida através do conhecimento formal sobre aconselhamento, para ser utilizada como forma de abordagem com o paciente. Essa percepção introduziu um novo enfoque no trabalho do enfermeiro. Se antes a atenção estava totalmente voltada para os aspectos biológicos da doença, este novo posicionamento possibilitou a introdução da interação efetiva entre enfermeiro e paciente como parte importante do trabalho em equipe.

Equipe

A equipe de enfermagem do PROAD é formada por duas enfermeiras psiquiátricas que supervisionam os alunos da Liga Acadêmica de Farmacodependência, alunos da Residência Multidisciplinar em Saúde Mental e voluntários de nível médio e superior (auxiliares, técnicos de enfermagem e enfermeiros). Essas mesmas profissionais também prestam assistência de enfermagem e realizam a entrevista inicial dos pacientes que chegam ao PROAD.

Assistência

- consulta de enfermagem com aplicação da SAE (Sistematização da Assistência de Enfermagem)
- atendimento terapêutico individual fundamentado na técnica de relacionamento terapêutico
- realização de grupos de acolhimento
- orientações de saúde e mudanças de estilo de vida
- discussão dos casos atendidos junto com a equipe multiprofissional
- coleta de sangue para exames laboratoriais

Pesquisa

São desenvolvidos projetos de pesquisa que visam à avaliação da eficácia do atendimento prestado aos pacientes na instituição. É importante destacar que estudos de eficácia na área de dependência química são escassos, o que reforça a importância de estudos nessa área.

 
NOTÍCIAS

Blog do Proad informa
Confira as principais notícias com relação à Dependência Química. Os especialistas do Proad colocam em debate polêmicas da atualidade.

EVENTOS

Reunião Clínica do Proad no anfiteatro Lemos Torres
Evento que será realizado no dia 13/08 contará com a presença da Secretária Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), Dra. Paulina Duarte.


LIGA ACADÊMICA DE FARMACODEPENDÊNCIAS DA UNIFESP